Gonçalo Falcão e Francisco Dias vice-campeões da variante de pares

Gonçalo Falcão e Francisco Dias vice-campeões da variante de pares

 

Martin Beran e Daniel Cukierman foram superiores na final

 

Daniel Cukierman, de Israel, e o seu companheiro Martin Beran, do Canadá, puseram este sábado fim ao sonho da dupla lusa composta por Gonçalo Falcão e Francisco Dias no quadro de pares masculinos do Porto Open 2019.

Na sua quarta final consecutiva enquanto equipa, Falcão e Dias já haviam conquistado os corações dos portuenses, não só pela atitude irrepreensível dentro dos courts, como pela sobriedade e boa disposição demonstradas ao longo de toda a semana no Monte Aventino.

Porém, e apesar de até terem começado por cima na grande final da variante, os lusos acabariam por ceder o primeiro set no tie-break por 7-6(6) e no segundo parcial, igualmente muito equilibrado, por 7-5, após uma hora e meia de jogo.

Está de parabéns a dupla Cukierman/Beran, que iniciou a competição sem qualquer estatuto de cabeça-de-série e a venceu com toda a justiça, após arredar alguns dos principais candidatos ao título.

A final feminina de pares será jogada este domingo, não antes do meio-dia, e vai contar com uma portuguesa na luta pelo troféu: Inês Murta, ela que já havia sido a tenista nacional a chegar mais longe no quadro de singulares (quartos-de-final) deste Porto Open 2019. A não perder!

PORTO OPEN – Campeonatos Internacionais de Portugal: a prova internacional de ténis da cidade do Porto, inscrita na ITF Women's World Tennis Tour (International Tennis Federation) e no ATP Challenger Tour pela Associação de Ténis do Porto e realizada no Complexo Desportivo Monte Aventino, em parceria com a Federação Portuguesa de Ténis, e com o especial apoio da Ágora Porto - Município do Porto.
Rua do Monte Aventino, 4350 - 233 Porto