Fred Gil é campeão de pares masculinos, Rita Vilaça/Francisca Jorge vice-campeãs na variante feminina

Fred Gil é campeão de pares masculinos, Rita Vilaça/Francisca Jorge vice-campeãs na variante feminina

Dois anos depois de conseguir a “dobradinha” no Porto Open, Fred Gil, ex-número um nacional, volta a ser feliz e a inscrever o seu nome na história do torneio e no coração dos portuenses.

Depois de um amargo afastamento na primeira ronda do quadro principal de singulares masculinos do Porto Open 2016 ($25000), foi com raça, ambição e um excelente entendimento com o seu parceiro Marc Giner, que Gil reclamou o troféu de campeão da 17ª edição do torneio portuense na variante de pares masculinos.

Na final de hoje, Giner e Gil, dois antigos campeões de singulares do Porto Open (2012 e 2014, respectivamente) encontraram pela frente um difícil desafio: enfrentar a outra talentosa dupla luso-espanhola, Gonçalo Olivira e Fornell-Mestres. Num encontro deveras equilibrado, a experiência acabou por ser preponderante e Fred Gil/Marc Giner acabaram mesmo por arrecadar o tão almejado troféu.

Rita Vilaça e Francisca Jorge só cederam perante ex-número um mundial de pares

Se Fred Gil é um exemplo pela sua experiência e pelo que já fez pelo ténis nacional, a final de pares femininos teve duas representantes de gerações que ainda prometem vir a dar muitas alegrias ao nível do ténis feminino luso. Rita Vilaça e Francisca Jorge, recentemente sagradas campeãs nacionais absolutas na variante de pares femininos, são as novas vice-campeãs do Porto Open.

Apesar de não terem conseguido reunir argumentos suficientes para contrariar o favoritismo de Su-Wei Hsieh, ex-número um mundial da variante, e sua irmã, Shu-Ying Hsieh, a dupla nacional mostrou-se a um interessante nível frente a adversárias bem mais experientes. Com um ténis aguerrido, alegre e incrivelmente livre de pressão, Vilaça e Jorge mostraram que favoritismo não é tudo e que competição não é, necessariamente, um antónimo de boa disposição.

O público gostou e aplaudiu, ponto a ponto, até ao final do encontro que terminou com os parciais finais de 6-3 e 6-4 a favor das jogadoras de Taipé Chinesa. Depois de condecoradas com o troféu de vice-campeãs, Rita Vilaça e Francisca Jorge referiram que “normalmente, estamos habituadas a jogar sozinhas. Porém, aqui, sentimos muito o apoio por parte do público ao longo de todo o encontro”. E assim será sempre no Porto Open!

PORTO OPEN – Campeonatos Internacionais de Portugal: a prova internacional de ténis da cidade do Porto, inscrita na ITF Women's World Tennis Tour (International Tennis Federation) e no ATP Challenger Tour pela Associação de Ténis do Porto e realizada no Complexo Desportivo Monte Aventino, em parceria com a Federação Portuguesa de Ténis, e com o especial apoio da Ágora Porto - Município do Porto.
Rua do Monte Aventino, 4350 - 233 Porto