Está oficialmente apresentado o Porto Open 2015

Está oficialmente apresentado o Porto Open 2015

A inaugurar as hostes estiveram Dr. Paes de Faria, presidente da Associação de Ténis do Porto, Dr. Luís Alves, administrador executivo da Porto Lazer, Eng. Vítor Pereira, presidente do CT Porto e Paulo Cardoso, juíz-árbitro oficial da prova, que avançaram algumas informações não só acerca do evento, que terá início já no próximo sábado, como também sobre os objectivos para o futuro próximo do Porto Open.

Inicialmente, Dr. Paes de Faria fez uma breve introdução sobre a história do “torneio já tem, orgulhosamente, dezasseis edições consecutivas”, destacando o apoio incondicional da Câmara Municipal do Porto desde os primórdios do Porto Open, isto na “cidade em que se começou a jogar ténis em Portugal”. O presidente da Associação de Ténis do Porto abordou ainda a questão de, com os apoios necessários, as alterações no regulamento da ITF levarem as próximas edições do PO a uma “categoria que o torneio merece”, ou seja, um aumento substancial do prize money.

Quanto aos wildcards para o PO2015, estes serão atribuídos em conjunto pela ATPorto e pela Federação Portuguesa de Ténis a Nuno Borges, da ET Maia, Nuno Deus ee Francisco Cabral, “grandes promessas do ténis nacional” e , devido a uma parceria com FTMadrid, Miguel Semmler. Para além destes, estão já confirmados Frederico Gil, campeão do PO em 2014, João Domingues, campeão nacional absoluto e André Murta, entre outros.

Por fim, Paes de Faria revelou os objectivos do torneio a longo termo: uma presença constante ao longo do ano na cidade e plataformas online (website e redes sociais) actualizados e modernizados. É com estes propósitos em mente que surge o projecto Porto Open Júnior, no CT Porto, e um circuito de seis provas sub14 e outro de sub18. O vencedor deste último terá acesso ao qualifying do Porto Open 2016 por wildcard.

Luís Alves revelou uma “enorme satisfação por se continuar a organizar o segundo maior torneio de Portugal”, no Porto. “Este evento afirmou-se no calendário desportivo da cidade e do panorama da modalidade no país”, afirmou ainda. Após falar mais um pouco acerca dos primórdios da prática do ténis no Porto, o administrador executivo da Porto Lazer congratula a ATPorto pelo seu empenho nesta que é uma cidade que “respira o ténis”, sendo a modalidade com mais atletas federados.

Para finalizar, Vítor Pereira, presidente do CT Porto, mostrou-se confiante no sucesso desta edição do Porto Open, uma vez que “estão reunidas todas as condições: boas instalações, muito público interessado, naipe de atletas com qualidade.”, faltando apenas serem confirmadas as boas condições metereológicas. “Mas, até para isso o CT Porto está preparado”, brincou.

Foi ainda apresentado o juíz-árbitro oficial da prova, que terá início no próximo sábado, Paulo Cardoso.

Está dado o mote para mais uma edição de sucesso neste “torneio com história”. A acção, em si terá início no próximo sábado, pelas 10h da manhã, dando assim início a mais de uma grande semana de ténis nos courts do CT Porto.

PORTO OPEN – Campeonatos Internacionais de Portugal: a prova internacional de ténis da cidade do Porto, inscrita na ITF Women's World Tennis Tour (International Tennis Federation) e no ATP Challenger Tour pela Associação de Ténis do Porto e realizada no Complexo Desportivo Monte Aventino, em parceria com a Federação Portuguesa de Ténis, e com o especial apoio da Ágora Porto - Município do Porto.
Rua do Monte Aventino, 4350 - 233 Porto