Coutada do Pedro – Depende…

Coutada do Pedro – Depende…

Um cabelo na sopa é muito mas um cabelo na cabeça de um careca, é pouco. Tudo, tudo é relativo.

Perguntaram ao Jimmy Connors se sentia pressão quando jogava uma final e ele respondeu de uma forma lacónica: “Pressão é não ter dinheiro para dar de comer aos filhos” (frase repetida, e bem, pelo nosso João Sousa em Abril deste ano num programa de televisão).

O empenho que demonstramos nos treinos será reflectido nos jogos e essa é a grande verdade. O que aprendi com o meu Pai e tento passar para os meus filhos, também eles felizmente desportistas, é que temos que dar o máximo em tudo o que fazemos. O resultado não é o mais importante, até porque, mais cedo ou mais tarde, acabam por surgir os triunfos.

No ténis, como na vida, somos obrigados, necessariamente, a aprender a viver com os dois resultados possíveis. Umas vezes ganhamos e outras perdemos. O importante é saber aprender com as derrotas e ser humildes nas vitórias.

A forma como relativizamos as coisas é que nos vai fazer ser mais ou menos felizes. Tudo depende do momento, do dia, do estado de espírito. Façamo-lo com determinação e empenho. Em tudo.

PORTO OPEN – Campeonatos Internacionais de Portugal: a prova internacional de ténis da cidade do Porto, inscrita na ITF Women's World Tennis Tour (International Tennis Federation) e no ATP Challenger Tour pela Associação de Ténis do Porto e realizada no Complexo Desportivo Monte Aventino, em parceria com a Federação Portuguesa de Ténis, e com o especial apoio da Ágora Porto - Município do Porto.
Rua do Monte Aventino, 4350 - 233 Porto