Nuno Borges é vice-campeão da 19ª edição do Porto Open

Nuno Borges é vice-campeão da 19ª edição do Porto Open

Perante quase meio milhar de pessoas, o maiato não conseguiu contrariar o favoritismo do talentoso húngaro Mate Valkusz, que, assim, sucede a João Monteiro como campeão do torneio

Nesta bela tarde de domingo, quase meio milhar de pessoas não quiseram perder a oportunidade de assistir de perto a grande final masculina do Porto Open 2018, realizada no mítico Court Central do Clube de Ténis do Porto. Além de ver bom ténis, o objectivo principal era, obviamente, apoiar Nuno Borges, tenista da terra e uma das maiores promessas a nível nacional.

Do outro lado do court estava um antigo nº 1 de juniores (2016) e actual 412º no ranking ATP, Mate Valkusz, da Hungria, que havia deixado para trás, ao longo da semana, dois lusos: Fábio Coelho, qualifier do torneio, e Tiago Cação, nos quartos-de-final.

O início do encontro correu como se esperava: muito equilíbrio e respeito de parte-a-parte. No momento certo, a meio do primeiro set, o húngaro conseguiu o desejado break e não mais largou a confortável vantagem, estando seguro no serviço e aproveitando-se da estranha ineficiência do jovem português na hora de servir. 6-3 para o 3º cabeça-de-série no primeiro set.

Valkusz entrou no 2º set da mesma forma que havia terminado o anterior: determinado, confiante e já ciente dos pontos fracos de Borges. O maiato ainda conseguiu responder bem ao 2-0, vencendo o jogo de serviço seguinte do oponente. Porém, galvanizado pela boa exibição que estava a levar a cabo e cada vez mais seguro das suas valências, Mate Valkusz protagonizou uma autêntica “cavalgada” e fechou o derradeiro set por 6-2 de forma inequívoca.

Mate Valkusz sucede ao portuense João Monteiro como campeão masculino do Porto Open e vence no Porto o torneio ITF mais importante da sua carreira. No entanto, este é já o quarto título de campeão por si arrecadado este ano, tendo sido os outros três em provas $15.000 ITF Futures.

Já Nuno Borges, vice-campeão da 19ª edição do Porto Open aos 21 anos, alcançou a sua terceira final deste ano em…quatro participações. A sua experiência nos EUA parece ter sido já uma aposta ganha e fica a certeza de que o público nacional está atento à sua evolução.

Termina, assim, mais uma edição do mais relevante evento de ténis da cidade invicta. Teremos que esperar mais um ano para voltar a vibrar com os nossos jogadores e com algumas das promessas mundiais da modalidade, no entanto, recomenda-se máxima atenção: poderão surgir surpresas. Até lá, esperamos com ansiedade a vigésima edição do Porto Open!

PORTO OPEN – Campeonatos Internacionais de Portugala prova internacional da cidade do Porto, inscrita na ITF (International Tennis Federation) pela Associação de Ténis do Porto, que organiza no Clube de Ténis do Porto, em parceria com da Porto Lazer, em e com o especial apoio do Município do Porto.
Contacto: 225 028 506
4050-227 - Porto
Rua Damião de Góis 405