Gonçalo Falcão e Francisco Dias vice-campeões da variante de pares

Gonçalo Falcão e Francisco Dias vice-campeões da variante de pares

 

Martin Beran e Daniel Cukierman foram superiores na final

 

Daniel Cukierman, de Israel, e o seu companheiro Martin Beran, do Canadá, puseram este sábado fim ao sonho da dupla lusa composta por Gonçalo Falcão e Francisco Dias no quadro de pares masculinos do Porto Open 2019.

Na sua quarta final consecutiva enquanto equipa, Falcão e Dias já haviam conquistado os corações dos portuenses, não só pela atitude irrepreensível dentro dos courts, como pela sobriedade e boa disposição demonstradas ao longo de toda a semana no Monte Aventino.

Porém, e apesar de até terem começado por cima na grande final da variante, os lusos acabariam por ceder o primeiro set no tie-break por 7-6(6) e no segundo parcial, igualmente muito equilibrado, por 7-5, após uma hora e meia de jogo.

Está de parabéns a dupla Cukierman/Beran, que iniciou a competição sem qualquer estatuto de cabeça-de-série e a venceu com toda a justiça, após arredar alguns dos principais candidatos ao título.

A final feminina de pares será jogada este domingo, não antes do meio-dia, e vai contar com uma portuguesa na luta pelo troféu: Inês Murta, ela que já havia sido a tenista nacional a chegar mais longe no quadro de singulares (quartos-de-final) deste Porto Open 2019. A não perder!

PORTO OPEN – Campeonatos Internacionais de Portugal: a prova internacional da cidade do Porto, inscrita na ITF (International Tennis Federation) pela Associação de Ténis do Porto, que organiza no Complexo desportivo Monte Aventino, em parceria com da Porto Lazer, em e com o especial apoio do Município do Porto.
Rua do Monte Aventino, 4350 - 233 Porto